© 2018 Ponto R Multimídia

October 23, 2019

Please reload

Posts Recentes

Precisamos falar Verdadeiramente sobre a depressão

September 17, 2019

1/2
Please reload

Posts Em Destaque

O que acontece quando guardo meus sentimentos só para mim?

July 19, 2018

A modernidade trouxe o avanço tecnológico que facilitou a vida do homem, melhorando os sistemas de transportes e revolucionando os meios de comunicação. A internet e o celular, especialmente, aproximaram pessoas, uniram culturas, transformando o mundo numa grande aldeia, guiada por uma economia globalizada. No entanto, numa cultura predominantemente capitalista, onde o consumo está na base de todas as relações, a convivência entre as pessoas passa pela intolerância e pelo individualismo. A competitividade é intensa, do tipo cada um por si e que vença o melhor. Diante de tantos desafios e exigências desse novo mundo, o que se vê são pessoas adoecendo seja pelo estresse do dia a dia, seja pela solidão, seja pela depressão que invade os corações angustiados. É nesse momento que uma escuta especializada ajuda muito.

 

 

 

O psicólogo é aquele profissional que está habilitado para ajudar o indivíduo a encontrar seu caminho interior, seu equilíbrio, restabelecendo sua saúde mental, que pode estar abalada por sentimentos de medo, culpa, angústia, solidão, traumas, perdas, entre tantos outros. A psicoterapia é um processo que auxilia as pessoas a lidarem com seus conflitos, a enfrentarem suas dificuldades, a compreenderem suas relações interpessoais, a identificarem o que se passa no seu universo interior, visando uma melhor qualidade de vida.

 

 

Muitas pessoas preferem <em>empurrar com a barriga seus conflitos e sofrimentos psíquicos, se refugiando, muitas vezes, nas drogas lícitas e ilícitas, na alienação dos programas de TV, no  excesso de entretenimento ou mesmo de trabalho, no uso indevido dos psicotrópicos, no mergulho excessivo na internet,   nos jogos, entre outros. Dessa forma, vão fugindo de si mesmas, amortecendo suas dores, minimizando seus conflitos, sem tentarem resolver de fato aquilo que os incomoda. O preconceito contra a psicoterapia é uma realidade antiga que ainda não se modificou. A velha crença que diz queque diz que psicólogo é para doido ainda persiste no atual contexto. Pessoas investem fortunas na beleza exterior, na estética do corpo, nos salões de beleza , mas esquecem de cuidar da mente, do bem estar interior, do equilíbrio das suas emoções e sentimentos. Acham muito caro fazer uma consulta ao psicólogo ou mesmo entrar num tratamento mais prolongado, mas são capazes de gastar somas consideráveis num determinado tratamento de beleza.

 

 

Pode-se procurar um psicólogo por diversas razões como, por exemplo: problemas emocionais, conflitos familiares, sentimentos de baixa auto-estima, fobias, dificuldades nos relacionamentos afetivos, questões sexuais, dificuldades profissionais, estresse, dependência química, depressão, fobias, síndrome do pânico, obesidade, insônia, transtornos: alimentares, orientação vocacional, lutos prolongados, procrastinação, distúrbio de aprendizagem, pacientes oncológicos,  timidez excessiva, entre tantos outros. Mesmo que a pessoa não apresente nenhuma queixa, mas deseje passar por um processo de auto-conhecimento, uma consulta ao psicólogo será bem oportuna.

 

 

Guardar as coisas só para si, ficar remoendo dores emocionais e vivências traumáticas, não é aconselhável e pode adoecer o indivíduo. Conversar com pessoas despreparadas, que não têm uma escuta neutra e especializada pode até piorar a situação daquele que pede ajuda. Obviamente que um bom papo com os familiares e amigos sempre é bem vindo e jamais deve ser dispensado. No entanto, determinadas situações exigem o trabalho de um profissional como o psicólogo, que possui uma escuta atenta e uma análise estruturada de cada problema, com suporte científico naquilo que orienta. Ao se falar sobre o que incomoda já se promove uma liberação da tensão, ou seja, já se obtém benefício numa simples consulta. Iniciar um processo de tratamento, então, pode ser restaurador.

 

A psicologia tradicional tem suas diversas abordagens, todas com seu mérito, sem dúvida. Também existem ferramentas que auxiliam no processo de auto-conhecimento e solução de conflitos, como é o caso da EFT – Técnica de Libertação Emocional, terapia energética, que promove a cura de doenças físicas e de bloqueios emocionais através de batidas com as pontas dos dedos em determinados pontos do corpo.

 

A técnica favorece o autoconhecimento, eleva a auto-estima, acessa o inconsciente, tendo o poder de regredir o paciente nas situações mais traumáticas. É também auto-aplicável, sem contra-indicação, de resultados visíveis na primeira sessão, de base científica (acupuntura chinesa, cinesiologia, física quântica), podendo ser aplicada presencialmente ou virtualmente, com os mesmos resultados. Se você anda triste boa parte do tempo, deprimido, sem entusiasmo para nada, angustiado, estressado, sentindo dores físicas frequentemente, adiando seus projetos, sentindo-se fracassado, inseguro, ansioso; se não dorme direito, se sente medos infundados, se tem lembranças ruins de forma recorrente, se não consegue sair de um estado de luto, se não consegue realizar nada, talvez seja a hora de buscar uma psicoterapia ou um tratamento com EFT. Verá que sua vida vai mudar e que você pode muito mais do que imagina. Um conflito não resolvido pode comprometer toda uma vida.

 
  •  

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga