Achando o gato preto no escuro: Constelações Quânticas

A mente é um mistério.

O médico apalpa o paciente, olha a íris do seu olho, analisa a cor da pele do paciente, olha sua língua e já tem um prévio diagnóstico.

O mesmo não acontece com o psicólogo. Plagiando uma metáfora da Filosofia como sendo aquela que procura um gato preto no escuro, que não está lá e o acha, assim eu digo que é o trabalho do psicólogo: procurar o gato preto que não está (aparentemente) lá.

É um trabalho de tateamento, de busca, de suposições. A mente humano é um mistério, um conjunto de emaranhamentos sem fim, um universo dinâmico, oculto, sombrio.

Na busca pelo autoconhecimento e na procura pela raiz dos sintomas dolorosos do corpo e da mente, tenho utilizado algumas técnicas. A hipnose ajuda muito. A EFT - Técnica de Libertação Emocional é impressionante e encorajadora em seus resultados.

E as Constelações Familiares Sistêmicas (Quânticas), que trabalham com os campos morfogenéticos, buscando restabelecer as ordens do amor na família (Ordem, Pertencimento, Equilíbrio), tem promovido um rápido encontro desse gato preto em quartos bem escuros.

A técnica realmente é um diagnóstico para o cliente, que o possibilita a visão clara daquilo que sua consciência não conseguia ver.

Tem sido equivalente a várias sessões de psicoterapia pela rapidez com que os representantes mostram ali, no campo, sobre a dinâmica daquela família, empresa, escola.

Cada vez que faço uma Constelação (com bonecos, individual) ou em grupo, me encanto com seus resultados. É realmente impactante e transformador!

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018 Ponto R Multimídia

  • Lei da Atração e EFT
  • Lei da Atração e EFT